domingo, 20 de dezembro de 2009

Mínimo existencial

Salário mínimo pode aumentar para ATÉ R$ 510,00!

Parece piada né?
Então discutindo o orçamento anual para que o salário mínimo no nosso país chegue até R$ 510,00.
O artigo 6º da nossa Constituição, considerada uma das melhores do mundo, que a sociedade tem direito a educação, a saúde, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, isso para que tenhamos uma vida digna!
Eu quero saber, é possível ter uma vida dígna nesse país com esse salário mínimo?




Gente, PELO AMOR DE DEUS! O que é isso?
Com a estrutura das escolas públicas possuem, com a precariedade dos hospitais públicos, com a violência aflorada em todos os cantos desse país, é possível com esse aumento, que tenhamos o mínimo considerado necessário para a existência humana?
Sei que os cofres públicos tem um limite, mas não consigo entender como é que a sociedade se mantém inerte e sorri com este aumento, enquanto logo após esse aumento entrará em discussão o aumento do salário dos parlamentares. Segundo o site do partido político PCO, o salário de um deputado é cerca de R$ 16.512,09 por mês. Quando se somam todos os benefícios em dinheiro, o valor dos salários pode chegar a um valor mensal que varia entre R$ 48 mil a R$ 62 mil. Só as verbas indenizatórias garantem ao deputado o dobro do valor de seu salário.






A lista de benefícios é gigantesca: dinheiro para telefone, motorista, envio de cartas, assinatura de jornais e revistas, passagens, auxílio-moradia etc., alem de receberem ainda 15 salários ao ano.
As verbas dos gabinetes garantem aos deputados mais R$ 60 mil, gastos com os 25 assessores parlamentares.



A farra dos senadores é ainda maior. O valor do benefício varia entre R$ 74,7 mil e R$ 119,7 mil. Quem lidera a lista dos maiores gastos são os Senadores do estado de São Paulo. Os gastos postais de um senador paulistano podem chegar a casa dos R$ 60 mil. O serviço médico garante aos senadores um acréscimo: há R$ 26 mil ao ano, por "núcleo familiar", para tratamento odontológico.

ISSO É UM ABSURDO!

Enquanto essas coisas acontecem, a sociedade se preocupa com a tabela do Campeonado Brasileiro, com os gastos com o natal, com o carnaval, etc etc etc...

Será que isso vai mudar algum dia?

Pensa diferente ou concorda com o que eu disse? Participe com seu comentário!

5 comentários:

  1. Nos últimos anos o salário mínimo vem sendo aumentado em termos reais. Entretanto o mínimo necessário para uma família viver, seriam em torno de R$ 2.500,00. Como vemos, ainda estamos longe...
    Pode ser que cheguemos, mas vai demorar.

    ResponderExcluir
  2. E olha que este valor ainda não foi decidido hein, ou seja, os parlamentares que votam contra ainda pode reverter essa situação e fazer com que este valor diminua mais. É uma vergonha, eu concordo com o que o Erick disse que para uma família viver dignamente o salário deveria de no mínimo 2.500 reais, isso para se ter lazer, saúde, moradia de qualidade.

    ResponderExcluir
  3. Isso não é uma piada, nem mesmo de mau gosto!! Isso é o décimo inferno de Dante, que ele esqueceu de concluir e descrever!!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Isto é o ridículo dos ridículos, tem coisa que a gente nao aceita, faz de tudo pra mudar, tenta conscientizar as pessoas, luta pra coisa melhorar, agora é pedir a Deus pra ver se faz esse povo ter mais descencia, menos hipocrisia, mais ação, e menos falsidade. Poe piada de mau gosto nisto, nao vou nem comentar mais nao senao falo o que nao devo, ótimo post, abraço...

    ResponderExcluir

Obrigada por participar e volte sempre!